Data / Horário de Lisboa:

NACIONALIDADE PORTUGUESA

Portugal, o país das cidades inteligentes

Portugal, o país das cidades inteligentes.

Ao mesmo tempo que o homem, como indivíduo, tem buscado aperfeiçoar a si mesmo, através de aplicativos, gadgets, comunicação integrada, ensino a distância, etc; as cidades, conglomerados destas mesmas pessoas, hão de se atualizar também.

Confira: Portugal é o 5º melhor país do mundo para viver e trabalhar

Assim, as cidades esperam estar adaptadas ao cidadãos cada vez mais em busca de qualidade de vida , às demandas de funcionalidade e infra-estrutura do dia a dia.

Portugal sai na frente como um país de cidades inteligentes, e que têm na sua essência, a oferta de uma melhor governança, inovação, sustentabilidade, inclusão social e conectividade.

 

Vamos juntos nesse artigo descobrir o que são cidades inteligentes, quais as localidades e principais projetos que já estão em vigor em Portugal.

 

O que são cidades inteligentes?

O conceito de cidades inteligentes, ou smart cities, é relativamente novo, mas que dependendo do autor, apresenta ideias diferentes.

A definição, outrora chamada de cidades criativas, cidades do futuro, wiki cities, cities 2.0, sentient cities, open cities, até net cities, converge conceitualmente, e de uma modo amplo,  a um modelo de planejamento urbano, capaz de resolver e atender solicitações e problemas que as cidades enfrentam nos dias atuais.

Os parâmetros de performance baseiam-se em aspectos que vão desde a governança das cidades, mobilidade urbana, meio ambiente, inovação e conectividade, bem como inclusão social.

Sendo assim, as cidades inteligentes pretendem combinar a governança participativa, aliada às novas tecnologias que permeiam as ações entre pessoas e empresas.

Leva-se em conta também, a ideia de monitoramento por parte das smart cities das características de infra-estrutura específica de cada cidade, como pontes, rios, estradas, portos e aeroportos, comunicação, segurança pública,energia e abastecimento de água e seus edifícios. Assim, o gestor público,  consegue organizar e planejar melhor os recursos de investimento nas áreas mais deficientes ou com ações preventivas de manutenção.

Sistemas de informação e base de dados também fazem parte do conceito e execução de ações dentro de uma cidade inteligente, conectando pessoas a serviços públicos.

As cidades inteligentes tem contribuído para a discussão do que esperamos do futuro, e nesse sentido Portugal já conta com iniciativas louváveis através da RENER, Rede Portuguesa de Cidades Inteligentes, com mais de 40 cidades em todo o território português a beneficiar os seus cidadãos em diversos modelos de smart cities.

São campos de atuação dentro das cidades portuguesas, por definição e por questões de parametrização: a governança, inovação, sustentabilidade, inclusão social e conectividade.

 

Governação

No que diz respeito à área de Governação em uma cidade inteligente, podemos citar a atuação na própria administração do município, a gestão financeira, orçamento participativo, portais, call centers e aplicativos que facilitam a vida do cidadão no que tange serviços públicos, gestão e disponibilidade de documentos e  registros, câmara municipal virtual, estatísticas e análises de desempenho social.

 

Sustentabilidade

Boas práticas em iniciativas que visam a manutenção do meio ambiente integrado a estrutura da cidade.

Gestão de resíduos e emissões de carbono, gestão de recursos hídricos, zoneamento e uso do solo, iluminação e edifícios inteligentes são alguns exemplos do que pode ser implantado.

Há que se ter a preocupação de garantir um futuro sustentável, mas também um presente com qualidade de vida sem agredir os recursos de cada cidade.

 

Inclusão Social

Tecnologia a favor da inclusão digital, e que proporciona facilidade, agilidade e acessibilidade aos serviços sociais prestados pelos municípios.

Criação de novos canais de comunicação e agendamento online, atendimento personalizado, são parte da gestão da saúde pública, um dos principais gargalos do setor público.

E na educação, outras propostas mostram-se importantes, como sistemas de aprendizagem com dispositivos móveis e apps.

 

Exemplos de Cidades Inteligentes em Portugal

Independente do tamanho da cidade, Portugal revela exemplos dos mais diversos aspectos, e nas mais diferentes regiões, a contar com projetos implementados e em implantação nas chamadas cidades inteligentes.

Há cerca de 40 cidades apostando em uma série de melhorias, com a lógica da inteligência urbana para melhoria da qualidade de vida dos cidadãos.

Os municípios portugueses têm-se mostrado muito receptíveis às soluções das smart cities, mas este é um processo em franca expansão, mas que ainda passa por ajustes de regras legislativas e como construção coletiva, em que todos os envolvidos devem estar cientes e aptos a contribuir.

Veja também: Áreas com maior demanda de trabalho em Portugal

 

Seixal

Em 2016, Seixal, pertencente ao Distrito de Setúbal,  aderiu às Cidades Inteligentes, da Associação Nacional de Municípios Portugueses, dando início ao processo de intervenção local na área da sustentabilidade.

São várias ações já implantadas, como a gestão eficiente da água, projeto iPerdas (gestão de perdas de água e de energia, afim de reduzir perdas e controlar melhor o abastecimento), redes de hortas urbanas, plano de iluminação pública  com troca de lâmpadas e reprogramação de sua utilização.

Na gestão de resíduos, foram feitas melhorias na mecanização do serviço e na educação ambiental, foram adquiridos  veículos 100% elétricos e com zero emissão de poluentes para serviços de limpeza pública. Reduziu-se 30% no consumo de combustíveis fósseis.

 

Águeda

Seguindo quase 300 quilômetros ao Norte, encontramos Águeda com diversos sistemas integrados em uma cidade inteligente.

Dashboard inteligente em um Centro de Operações, que revela todos os incidentes da cidade, e da mesma forma, a taxa de satisfação dos habitantes quanto a resolução dos mesmos.

Há ainda bicicletas partilhadas, alunos da rede municipal que trocaram livros por tablets, contadores inteligentes nos prédios públicos, um laboratório vivo, que conta com impressoras 3D, máquinas de corte, robótica.

Basta olhar o site do município e verificar que a sua proposta de smart city já esta devidamente integrada ao andamento da cidade.

http://agueda.isasmartcity.com/

 

Cascais

Com uma redução de 80% no consumo energético de sinalização de trânsito, Cascais foi a primeira cidade de Portugal a ter toda a sua rede de semáforos com iluminação LED, esta economia, gerou aos cofres públicos  50 mil Euros por ano.

Já na gestão de resíduos, especificamente na recolha do lixo urbano, os ganhos foram ainda maiores, 600 mil Euros no ano.

A intenção inicial era diminuir o número de caminhões utilizados para coleta, diminuindo a presença no centro da cidade, a poluição sonora e emissão de CO2.

O processo começou com a instalação de sensores nos caminhões e nos contentores, de forma a recolher dados sobre quantidade de lixo e melhor horário de recolha. Com a análise de 9000 contentores, não foram mais necessários 12 caminhões para o serviço e sim 8 unidades.

 

Viseu

Viseu conta com contadores inteligentes de água, capazes por exemplo, de monitorar consumos a distância, avaliando quaisquer anomalias, como grandes e pequenos vazamentos, podendo notificar em real time o consumidor por SMS.  Também na cidade, contentores de resíduos podem identificar a quantidade de lixo, garantindo recolhas extraordinárias por parte da concessionária do serviço.

 

Smart Tour 2019

A iniciativa Smart Cities Tour é patrocinada pela Associação Nacional de Municípios,  e percorre várias cidades de Portugal a promover as cidades inteligentes e seus exemplos de atuação. Com início no começo do ano e término em maio de 2019, o tour levou às cidades temas como: Economia e Inovação tecnológica, Mobilidade Suave, Cidade como Plataforma, Cidade Circular, Cidade Inclusive e Alterações Climáticas.

Com abrangência no continente e nas ilhas, os eventos contam com grande participação e compartilhamento de exemplos de sucesso entre as cidades portuguesas.

Confira como foi o evento em 2018:

 

Portugal Inteligente

Ainda resta um grande desafio, o de agregar na totalidade, as cidades portuguesas à estes modelos vencedores, integrando a comunicação entre elas, bem como divulgar de forma efetiva todas as realizações às comunidades.

Mas é seguro dizer, que Portugal, já é um país de cidades inteligentes, garantindo a qualidade de vida no presente e com melhorias para o futuro.

Você pode gostar também:
Saúde Pública em Portugal é boa? Como funciona?
Custo de vida: Quanto é preciso para viver bem em Portugal?

Você pretende residir em Portugal? Há duas opções: Tendo a Nacionalidade Portuguesa ou algum Visto para Portugal. Obtenha mais informações nas imagens abaixo:

                       

Fábio Mallon

Fábio Mallon

MBA Executivo em Marketing e Comunicação, especialista em marketing digital, apaixonado por fotografia e por viajar. Atualmente reside em Portugal.

INSCREVA-SE E RECEBA NOSSAS NOVIDADES!

VIVER EM PORTUGAL COM SEUS RENDIMENTOS OU APOSENTADORIA

CONSULTORIA

REALIZAMOS BUSCA DE CERTIDÃO

QUEM TEM DIREITO A REQUERER A NACIONALIDADE PORTUGUESA?

ACOMPANHE NOSSAS MÍDIAS!

NACIONALIDADE PORTUGUESA

Martins & Oliveira Sociedade de Advogados

A Martins & Oliveira Sociedade de Advogados é um escritório de advocacia especializado em procedimentos envolvendo Brasil e Europa (Portugal, Itála e Espanha).

Os principais serviços oferecidos pelo escritório são: Assessoria para aquisição da Nacionalidade Portuguesa, Vistos de Residência e demais procedimentos em Portugal.

O objetivo do escritório é se tornar a maior fonte de conexão com a Europa.

Conheça o site do escritório: www.martinseoliveira.com.br

ONDE ESTAMOS

Onde nos encontrar

  • São Paulo, Brasil - Avenida Paulista, nº 777 - 15° andar
    +55 11 98285 0049 - 11 3099 0451
  • Rio de Janeiro, Brasil - Rua do Passeio, n° 38 - setor 2
    15° andar, Centro
    +55 21 3500 6634
  • Belo Horizonte - MG - Rua Paraíba, n° 550
    8° andar, Savassi
    +55 11 98285 0049
  • Curitiba - PR - Rua Comendador Araújo, n° 499
    10° andar, Centro
    +55 11 98285 0049
  • Porto Alegre - RS - Avenida Carlos Gomes, n° 700
    8° andar, Boa Vista
    +55 11 98285 0049
  • Lisboa, Portugal - Rua do Mar Vermelho, n° 2, 2.1