Data / Horário de Lisboa:

Receba nossas novidades!

NACIONALIDADE PORTUGUESA

Bandeira de Portugal: significado e história

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
bandeira nacional de portugal

Você conhece a história e sabe o que significa cada cor e símbolo da bandeira de Portugal?

Quando escolhemos morar em um país diferente,  pesquisar sobre a história, as origens, suas simbologias, ajuda a entender a cultura e os costumes do local. Além disso, se você está em Portugal com a família e tem filhos, logo vão aparecer lições nas aulas de história e de geografia que vão te fazer estudar o tema.

Então, vamos conhecer os principais significados da bandeira portuguesa.

 

História da Bandeira de Portugal

A primeira bandeira de Portugal surge com  a criação do próprio país, em 1143.

O primeiro modelo em nada se parecia com a bandeira atual, pois era um modelo com uma cruz azul em fundo branco. Depois desta, vários modelos diferentes surgiram durante o período monárquico do país.

Veja a evolução das bandeiras nacionais que Portugal já utilizou:

primeira bandeira de Portugal

segunda

terceira

quarta

quinta

sexta

setima

oitava

nona

decima

decima primeira bandeira de portugal

Bandeira de Portugal
Bandeira de Portugal atual

 

A bandeira de Portugal como a conhecemos hoje tornou-se oficial em 1911. 

O atual símbolo nacional surge com a queda da Monarquia através da Revolução Republicana.

Deste modo, uma comissão, presidida por João Chagas,  foi elencada para definir o modelo, como modo de representar o novo momento do país.

Entre os responsáveis pelo novo modelo da Bandeira de Portugal, estavam políticos, escritores, pintores, oficiais do exército e jornalistas.

Conheça as Calçadas Portuguesas – história e arte

 

Características da Bandeira de Portugal

Ela é dividida de forma desigual em duas cores principais: verde (parte menor) e vermelha (parte maior).

No encontro das duas cores, está sobreposto um brasão, que é um escudo português sobre uma esfera armilar.

A esfera é um instrumento antigo de navegação marítima. Elas eram usadas pelos marinheiros para traçar um rota. Dentro da esfera, cada anel corresponde a uma coordenada astronômica, como por exemplo, a posição do sol nascente ou poente, uma constelação (como o Cruzeiro do Sul).

Agora que já sabemos quais os elementos, cores e símbolos compõem a bandeira de Portugal, vamos à explicação de cada um deles.

 


 

Qual o significado dos símbolos na Bandeira Portuguesa? 

Na bandeira portuguesa há 3 símbolos principais: as cores, a esfera armilar e o escudo português, estes, que formam o brasão de armas.

 

As cores da Bandeira de Portugal

O significado oficial da cor verde é esperança. Assim como na bandeira do Brasil, o verde representa a esperança do povo português.

Já o vermelho, seria a coragem e a bravura. O vermelho é a representação do sangue dos portugueses derramado em batalhas, especialmente numa alusão à  Revolução de 1910, quando a monarquia foi abolida e foi implantado o Regime Republicano no país.

Por outro lado, existem registros menos populares entre os portugueses, que explicam as cores da bandeira de Portugal sob uma visão política: as cores verde  e vermelho representariam o partido republicano.

Durante a monarquia, a bandeira de Portugal era nas cores azul e branco. A troca pelo verde e vermelho seria a forma de “apagar” os símbolos do Rei. 

 

A esfera

Vamos começar pela esfera armilar que já citei no início deste texto sobre a Bandeira de Portugal.

 

esfera armilar da Bandeira de Portugal
Esfera Armilar

 

Ela também é conhecida como astrolábio esférico, e é um antigo instrumento usado para navegação. Cada anel da esfera deve ser alinhado com algum ponto astronômico (estrela, por exemplo) para traçar uma rota.

O significado, lógico, remete ao fato de os portugueses serem excelentes navegadores. Característica que conhecemos pelos nomes que ficaram marcados nas páginas dos livros da época das navegações e das grandes descobertas entre os séculos XV e XVI, como, por exemplo, Vasco da Gama e Pedro Álvares Cabral. A esfera é a marca da herança marítima dos portugueses. Mas também é o símbolo personificado do Infante D. Henrique, que tanto ajudou a navegação portuguesa a se desenvolver.

Veja algumas das Tradições Portuguesas

 

O escudo

O escudo português é uma arma de defesa medieval, composto por cinco escudos menores azuis, cercados por uma borda vermelha, decorada ainda com sete castelos.

 

escudo da bandeira de Portugal
Escudo da Bandeira de Portugal

 

Os cinco escudos pequenos – besantes azuis – fazem referência aos cinco reis mouros derrotados pelo primeiro rei de Portugal, Afonso Henriques, na Batalha de Ourique, em 1139.

Besante é o termo usado para denominar as moedas de ouro durante o Império Bizantino. Quem incluiu essa representação no escudo foi o rei Afonso Henriques fazendo uma referência à riqueza de Portugal. Podemos ver esses elementos na segunda Bandeira de Portugal.

Já os sete castelos dentro da borda vermelha representam as sete cidades fortificadas que o Rei Afonso Henriques conquistou e tomou dos mouros. A região onde hoje é o Algarve, sul de Portugal.

Além disso, se observarmos os escudos menores, eles contem ainda bolinhas brancas. Essas marcações, segundo registros, representam as chagas de Jesus Cristo na Cruz vistas por Dom Afonso antes de começar a batalha. Foi por sair vitorioso da Batalha de Ourique que ele foi proclamado Rei de Portugal.

Logo, pode-se dizer que a bandeira de Portugal mostra, através de símbolos, um pouco da história do país. Através de cores e simbologias. Em suma, mostra as batalhas, as conquistas e a esperança do povo português.  

 

Regras no uso da Bandeira de Portugal

Através do Decreto-Lei 150/87, foram estabelecidas regras para uso da Bandeira Nacional Portuguesa.

O  artigo 1.º diz: A Bandeira Nacional Portuguesa, símbolo da Pátria, representa a soberania da Nação e a independência, a unidade e a integridade de Portugal. Além disso, deve ser respeitada por todos os cidadãos, sob pena de sujeição à cominação prevista na lei penal.

 

Onde deve ser hasteada a bandeira:

Sede de órgãos públicos, sendo administrativos, institutos e empresas estatais;

Monumentos portugueses.

Onde deve ser hasteada todo dia:

Sede da Presidência da República;

Instalações da Assembléia da República;

Presidência do Conselho de Ministros;

Supremo Tribunal de Justiça;

Sede do Tribunal Constitucional.

Como é a gastronomia portuguesa?

 

Regras gerais de uso da Bandeira

  1. Deve ser hasteada em primeiro lugar e retirada por último quando junto de outras bandeiras.
  2. Quando necessário ser hasteada a meio mastro, deve ser levada até o topo e aí sim, descer até o meio. Da mesma maneira quando for arreada, até o topo primeiro e depois descer.
  3. Pode ser substituída pelo estandarte presidencial quando da presença do Presidente da República. Porém, e tão somente quando só houver um mastro disponível.
  4. Nas Instalações da Administração Central só poderá ser hasteada a Bandeira Nacional de Portugal.
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Michele Dias

Michele Dias

Jornalista, formada pela UFSM, especialista em Comunicação e Linguagem pela Unifra. Com experiência em televisão, aventura-se agora no mundo digital. Profissional em transformação, ser humano adaptando-se às mudanças, abrindo-se ao novo, mas sempre com a mesma paixão pela escrita, pela família e pelas coisas boas da vida.

INSCREVA-SE E RECEBA NOSSAS NOVIDADES!

VIVER EM PORTUGAL COM SEUS RENDIMENTOS OU APOSENTADORIA

CONSULTORIA

ADQUIRA A SUA NACIONALIDADE PORTUGUESA

QUEM TEM DIREITO A REQUERER A NACIONALIDADE PORTUGUESA?

ACOMPANHE NOSSAS MÍDIAS!

NACIONALIDADE PORTUGUESA

Martins & Oliveira Sociedade de Advogados

A Martins & Oliveira Sociedade de Advogados é um escritório de advocacia especializado em procedimentos envolvendo Brasil e Europa (Portugal, Itália e Espanha).

Os principais serviços oferecidos pelo escritório são: Assessoria para aquisição da Nacionalidade Portuguesa, Vistos de Residência e demais procedimentos em Portugal.

O objetivo do escritório é se tornar a maior fonte de conexão com a Europa.

Conheça o site do escritório: www.martinseoliveira.com.br

ONDE ESTAMOS

Onde nos encontrar

  • São Paulo, Brasil - Avenida Paulista, nº 777 - 15° andar
    +55 (11) 9 8285-0049
  • Rio de Janeiro, Brasil - Rua do Passeio, n° 38 - setor 2
    15° andar, Centro
    +55 (21) 9 8148-2966
  • Belo Horizonte - MG - Rua Paraíba, n° 550
    8° andar, Savassi
    +55 (11) 9 8285-0049
  • Curitiba - PR - Rua Comendador Araújo, n° 499
    10° andar, Centro
    +55 (11) 9 8285-0049
  • Porto Alegre - RS - Avenida Carlos Gomes, n° 700
    8° andar, Boa Vista
    +55 (11) 9 8285-0049
  • Lisboa, Portugal - Rua do Mar Vermelho, n° 2, 2.1
  • São Paulo, Brasil - Rua Itapeva, 378, conjunto 52, Bela Vista
    Cep - 01.332-000
    Fixo - +55 (11) 2096-1523
    Celular - +55 (11) 9 8285-0049
  • São Paulo, Brasil - Avenida Paulista, nº 777 - 15° andar
    +55 (11) 9 8285-0049
  • Rio de Janeiro, Brasil - Rua do Passeio, n° 38 - setor 2
    15° andar, Centro
    +55 (21) 9 8148-2966
  • Belo Horizonte - MG - Rua Paraíba, n° 550
    8° andar, Savassi
    +55 (11) 9 8285-0049
  • Curitiba - PR - Rua Comendador Araújo, n° 499
    10° andar, Centro
    +55 (11) 9 8285-0049
  • Porto Alegre - RS - Avenida Carlos Gomes, n° 700
    8° andar, Boa Vista
    +55 (11) 9 8285-0049
  • Lisboa, Portugal - Rua do Mar Vermelho, n° 2, 2.1

INSCREVA-SE E RECEBA NOSSAS NOVIDADES!