Data / Horário de Lisboa:

Receba nossas novidades!

NACIONALIDADE PORTUGUESA

Gastronomia portuguesa: conheça os pratos típicos de Portugal

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
gastronomia portuguesa

Uma verdade precisa ser dita sobre a terrinha: em Portugal, come-se bem. A gastronomia portuguesa oferece doces ricos, frutos do mar abundantes, vinhos deliciosos, uma variedade imensa de frutas e legumes, além de carnes de todos os jeitos e para todos os gostos.

Para quem é bom de prato e gostaria de experimentar de perto esses sabores, acompanhe no nosso artigo de hoje quais são alguns dos principais pratos típicos da gastronomia de Portugal e aprenda onde estudar gastronomia em terras lusitanas.

 

Vinho português

 

Os principais exemplares da gastronomia portuguesa

Pronto para conhecer esse desfile de delícias? É tanta coisa boa que depois de ler, vai bater a maior vontade de viajar para terras lusitanas só para fazer degustação de tudo o que há de melhor na gastronomia de Portugal!

 

Doces conventuais portugueses

Os doces conventuais são receitas feitas pelas freiras nos conventos. Elas contam com uma grande quantidade de gemas de ovos e açúcar, além de farinha e, eventualmente, amêndoas.

Os doces conventuais como conhecemos hoje se tornaram parte da gastronomia portuguesa no século XV, quando o açúcar começou a ser introduzido nas receitas. Nesse período, o país era o maior produtor de ovos da Europa, mas exportava as claras para engomar roupas ou para a produção de vinhos. Com isso, havia um excedente de gemas que era desperdiçado.

Quando o açúcar começou a invadir Portugal vindo de outros territórios portugueses, como Ilha da Madeira e o próprio Brasil, ele e as gemas foram adicionados à produção dos doces. Em cada parte do território português, receitas diferentes foram criadas com os mesmos elementos, fazendo com que até hoje cada região tenha o seu doce conventual típico.

 


 

Pastel de Belém ou pastel de nata: qual é a diferença?

O nome mais conhecido da gastronomia portuguesa internacionalmente (em termos de doces, claro) confunde os turistas até hoje! Afinal, é pastel de nata ou de Belém? 

O pastel de Belém foi um doce inventado pelos monges do Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa, um famoso ponto turístico local. Para arrecadar dinheiro para a sua sobrevivência um dos monges levou a uma loja próxima do mosteiro os seus pastéis, para vender.

Pouco tempo depois, em 1837, essa loja começou a fabricar os pastéis de Belém e se tornou a guardiã da receita, que hoje só é conhecida por 8 pessoas no mundo. Hoje, o estabelecimento se chama Pastéis de Belém e repete todos os dias a mesma receita de séculos atrás.

Guia para visitar Portugal em 7 dias

 

pastel de Belém
Pastel de Belém

 

Mas… E os pastéis de nata?

Os pastéis de nata são fruto de receitas criadas para tentar copiar o pastel de Belém. Por isso, nenhum pastel de nata será um pastel de Belém, já que não é produzido na mesma fábrica e nem com a mesma receita.

E, como cada lugar cria o seu pastel de nata, você acaba encontrando sabores e texturas diferentes para ele, nos diferentes estabelecimentos. Isso, é claro, não quer dizer que os pastéis de nata não sejam deliciosos também.

 

Pastel de Nata
Pastel de nata

 

Toucinho do céu

O toucinho do céu parece uma espécie de torta baixa e de massa bem úmida, com origem no norte do país (as cidades que são mais famosas por esse doce são Guimarães, Murça e Trás-os-Montes). 

Ele é feito com açúcar em ponto de pérola, amêndoas moídas e muitas gemas, como sempre. O nome de “toucinho” veio do fato que, originalmente, ele levava também banha de porco na composição.

 

toucinho do céu
Toucinho do Céu – Pingo Doce

 

Travesseiro de Sintra

Sintra é uma região muito próxima a Lisboa que abriga castelos, jardins, paisagens lindas e uma vila para lá de agradável. Por lá, os doces conventuais ganharam o famoso nome de Travesseiros de Sintra, uma delícia de massa folhada coberta de açúcar e recheada de creme de ovos com amêndoas.

Conheça a encantadora Vila de Sintra

 

travesseiros de sintra
Travesseiros de Sintra

Pão de ló

Esse doce é um bolo esponjoso e alto, com o interior mais mole e cremoso. Em Portugal, a cidade mais famosa por essa receita é Ovar. 

 

pão de ló português
Pão de Ló – Pingo Doce

 

Bola de Berlim

No Brasil, é conhecida como o famoso ‘sonho’. É uma receita original da Alemanha que sofreu alteração ao chegar a Portugal: o recheio de frutas vermelhas foi substituído pelo creme de ovos. Este é um doce que os portugueses adoram apreciar na areia da praia.

 

bola de berlim
Bola de Berlim com creme de ovos – Pingo Doce

 

Brisa do Liz

Um soberbo doce de ovos e amêndoas que é muito parecido ao nosso quindim brasileiro. Não vá embora de Portugal sem provar uma Brisa!

 

brisa do liz
Brisa do Liz

 

Arroz de todos os jeitos

O arroz na gastronomia de Portugal acompanha muitos pratos e aparece em apresentações muito diferentes.

No arroz de pato, por exemplo, ele aparece mais sequinho, cozido no forno junto com pedaços de peito de pato desfiado e cortes muito fininhos de rodelas de chouriço.

Já no arroz de feijão (não, não é feijão com arroz!), o acompanhamento funciona como uma espécie de risoto de feijão, mais cremoso e molhadinho. No arroz de tomate, por sua vez, o arroz é praticamente ingrediente de uma sopa, bem cheia de caldo e com muito sabor de tomate.

 

Arroz de Pato
Arroz de Pato – Pingo Doce

 

Feijoadas

Bem diferente da feijoada brasileira, que tradicionalmente é com feijões pretos, a portuguesa pode ser feita com feijões vermelhos ou mesmo brancos. Ela é uma espécie de cozido que mistura diversas carnes, entre pedaços do porco e linguiças, porém sem farofa e sem couve (uma pena!). 

E ainda é possível encontrar feijoadas de frutos do mar, como por exemplo Feijoada de Choco. Esta, tem no molusco o seu ingrediente principal, que pode ser considerado um meio termo entre o polvo e a lula.

 

Feijoada de choco
Feijoada de Choco

 

Pães

Numa das músicas mais famosas de Portugal, a letra diz: “numa casa portuguesa fica bem pão e vinho sobre a mesa. E se à porta humildemente bate alguém senta-se à mesa com a gente.”

Pela letra, já dá para sentir que em terras lusitanas o pão é uma tradição. Ele faz parte do ritual português de alimentar-se e acompanha todas as refeições. 

Por aqui, os pães variam muito de região para região, seja na cor, na textura ou no sabor. O bolo do caco, por exemplo, tem origem na Ilha da Madeira e é feito na telha ou na chapa. Esse pão fofinho se parecendo muito com os baos buns orientais ou com os pães do oriente médio. 

Já o pão alentejano é bem maior e mais denso, frequentemente usado para comer com sopas. O pão de mafra é macio por dentro e com a casca durinha por fora, enquanto o pão de deus se parece um pão doce brasileiro, com raspas de coco. Não faltam opções!

 

Pão de Mafra
Pão de Mafra

 

Sardinha e bacalhau

Os fruto do mar são abundantes em Portugal por conta da posição privilegiada do país diante do Atlântico.

Por aqui, os portugueses gostam muito de preparar as sardinhas, quase uma tradição da culinária portuguesa caseira. Elas são feitas à grelha, geralmente servidas inteiras e acompanhadas de batatas assadas, pimentões ou de broa de milho.

 

sardinha portuguesa assada
Sardinha portuguesa assada

 

Já o famoso bacalhau é o peixe mais consumido do país e ganha infinitas formas de preparo, do bacalhau à Brás, com natas ao espiritual, do Gomes de Sá à florentina. Qualquer tasca tradicional oferece pratos com esse peixe, que também recebe os acompanhamentos mais variados.

A mais famosa das receitas para os brasileiros é o bacalhau a brás, que é preparado com azeitonas, batatas e ovos.

 

bacalhau a bras
Bacalhau à Bras

 

Enchidos

Enchidos é como são chamados na gastronomia portuguesa os embutidos. Por lá, as carnes levam um tratamento de banho no vinho tinto, além de temperos com alho, pimentas e sal.

Entre as variedades mais comuns estão o chouriço, a alheira (feita de carne de aves, pão, azeite, banha e alho) e a farinheira (farinha, pimentão, vinho e, atualmente, gordura de porco). Essas duas últimas foram criada pelos judeus portugueses na época da inquisição, para simular o consumo de carne de porco, já que precisavam fingir que eram cristãos.

 

Enchidos de Portugal
Enchidos de Portugal

 

Cozido à portuguesa

O cozido à portuguesa pode ser, na verdade, vários cozidos diferentes. Isso porque ele pode ser feito com várias misturas diferentes de carne de frango, bovina, partes do porco ou enchidos. Pode também levar no caldo feijões, batatas, cenouras, couves, arroz e vários outros legumes.

Ou seja, as opções são infinitas para montar o seu próprio cozido à portuguesa.

 

Os queijos portugueses

Não é só na culinária francesa que os queijos ganham grande destaque! É quase impossível de acreditar como um país tão pequeno consegue ter uma infinidade de queijos diferentes, com sabores mais leves ou mais marcantes, mais cremosos ou mais densos, com mais ou menos tempo de cura.

Experimente o queijo fresco de cabra, o requeijão da Serra da Estrela, o queijo Azeitão. O Trasmontano, o queijo de São Jorge, que provém da Ilha de mesmo nome nos Açores e o famosíssimo queijo da Serra da Estrela. 

 

Queijo de Portugal
Queijo de Portugal

 

Esse último é uma iguaria da culinária portuguesa de textura amanteigada e feito a base de leite de ovelha. Esse queijo é absolutamente cremoso e, por isso, para comê-lo é preciso cortar o seu tampo e passá-lo nas torradas ou nos pães como uma espátula, como se ele estivesse derretido.

Aliás, muito dos queijos lusitanos são feitos com leites de cabras e ovelhas, ao invés de vaca, o que dá também muita variedade ao sabor.

 

Vinhos portugueses

A variedade impressionante de uvas cultivadas no solo de Portugal fazem com que o país seja um dos principais produtores e exportadores de bons vinhos pelo mundo. O país é também o maior consumidor per capita de vinhos, o que significa que a bebida não pode faltar jamais nas casas portuguesas!

O destaque vai para as regiões produtoras do Douro, do Alentejo e, claro, para o vinho do Porto, internacionalmente conhecido por seu sabor mais adocicado e textura levemente licorosa.

 

 

Azeites de Portugal

A gastronomia portuguesa é também responsável por excelentes azeites, alguns que inclusive já ganharam prêmios como os melhores do mundo. Isso acontece porque o clima do país é perfeito para esse cultivo. Não é à toa, portanto, que são consumidos por aqui quase 80 mil toneladas de azeite por ano.

 

Azeite de Portugal
Azeite de Portugal

 

Alguns dos melhores azeites portugueses são o Azeite Virgem Extra Premium CAMB (da Cooperativa Agrícola de Moura e Barrancos), o Quinta do Portal Azeite Virgem Extra Premium e o Esporão Olival dos Arrifes Biológico do Alentejo.

 

E tem mais… muito mais da gastronomia portuguesa

Francesinha

Tripas à moda do Porto

Caldo verde

Pão com chouriço

Bifanas

Pregos

Alcatra da Ilha Terceira

 

Francesinha
Francesinha

 

Onde estudar gastronomia em Portugal?

E já que a gastronomia portuguesa é tão abundante e deliciosa, que lugar melhor para aprender a arte da cozinha, não é mesmo? Confira alguns dos cursos que oferecem essa possibilidade na terrinha.

 

Associação de Cozinheiros Profissionais de Portugal

A ACPP oferece cursos profissionalizantes e também de especialização, caso você já trabalhe no ramo da culinária. Ela se situa em Lisboa, mas já começou a fornecer formações em gastronomia portuguesa também na cidade do Faro e em Braga.

Entre as opções de formação estão cursos que misturam as artes da padaria, pastelaria, cozinha e culinária japonesa também.

 

Escola de Hotelaria e Turismo do Porto

A EHTP nasceu em 1958 e é uma referência na formação de profissionais que trabalham nesse setor. Para os interessados pela gastronomia portuguesa, a escola oferece um programa de formação em Culinary Arts que envolve muita prática e é reconhecido por toda a Europa.

Cooking Lisboa

A Cooking Lisboa conta com conta com diversas opções de cursos de culinária, para os mais variados níveis de habilidade dos participantes. Há cursos dedicados a doces, outros que são feitos com tours pelos mercados, cursos dedicados à gastronomia portuguesa e até mesmo vegetariana.

E para quem não pode vir a Portugal, há também os cursos online, onde é possível aprender a fazer pastéis de nata ou frango piri-piri.

 

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Yasmin Narcizo

Yasmin Narcizo

Brasileira em Lisboa. Redatora publicitária e estrategista de conteúdo para Marketing Digital. Curiosa, entusiasta das palavras e sempre pronta pra próxima viagem.

INSCREVA-SE E RECEBA NOSSAS NOVIDADES!

VIVER EM PORTUGAL COM SEUS RENDIMENTOS OU APOSENTADORIA

CONSULTORIA

ADQUIRA A SUA NACIONALIDADE PORTUGUESA

QUEM TEM DIREITO A REQUERER A NACIONALIDADE PORTUGUESA?

ACOMPANHE NOSSAS MÍDIAS!

NACIONALIDADE PORTUGUESA

Martins & Oliveira Sociedade de Advogados

A Martins & Oliveira Sociedade de Advogados é um escritório de advocacia especializado em procedimentos envolvendo Brasil e Europa (Portugal, Itália e Espanha).

Os principais serviços oferecidos pelo escritório são: Assessoria para aquisição da Nacionalidade Portuguesa, Vistos de Residência e demais procedimentos em Portugal.

O objetivo do escritório é se tornar a maior fonte de conexão com a Europa.

Conheça o site do escritório: www.martinseoliveira.com.br

ONDE ESTAMOS

Onde nos encontrar

  • São Paulo, Brasil - Avenida Paulista, nº 777 - 15° andar
    +55 (11) 9 8285-0049
  • Rio de Janeiro, Brasil - Rua do Passeio, n° 38 - setor 2
    15° andar, Centro
    +55 (21) 9 8148-2966
  • Belo Horizonte - MG - Rua Paraíba, n° 550
    8° andar, Savassi
    +55 (11) 9 8285-0049
  • Curitiba - PR - Rua Comendador Araújo, n° 499
    10° andar, Centro
    +55 (11) 9 8285-0049
  • Porto Alegre - RS - Avenida Carlos Gomes, n° 700
    8° andar, Boa Vista
    +55 (11) 9 8285-0049
  • Lisboa, Portugal - Rua do Mar Vermelho, n° 2, 2.1
  • São Paulo, Brasil - Rua Itapeva, 378, conjunto 52, Bela Vista
    Cep - 01.332-000
    Fixo - +55 (11) 2096-1523
    Celular - +55 (11) 9 8285-0049
  • São Paulo, Brasil - Avenida Paulista, nº 777 - 15° andar
    +55 (11) 9 8285-0049
  • Rio de Janeiro, Brasil - Rua do Passeio, n° 38 - setor 2
    15° andar, Centro
    +55 (21) 9 8148-2966
  • Belo Horizonte - MG - Rua Paraíba, n° 550
    8° andar, Savassi
    +55 (11) 9 8285-0049
  • Curitiba - PR - Rua Comendador Araújo, n° 499
    10° andar, Centro
    +55 (11) 9 8285-0049
  • Porto Alegre - RS - Avenida Carlos Gomes, n° 700
    8° andar, Boa Vista
    +55 (11) 9 8285-0049
  • Lisboa, Portugal - Rua do Mar Vermelho, n° 2, 2.1

INSCREVA-SE E RECEBA NOSSAS NOVIDADES!