Data / Horário de Lisboa:

Receba nossas novidades!

NACIONALIDADE PORTUGUESA

Tradições Portuguesas

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Tradições portuguesas - nacionalidade portuguesa

Seja na gastronomia, na cultura, ou nos hábitos populares, as tradições portuguesas são um dos maiores tesouros do país. Se você vai para Portugal, deve conhecer as principais!

Vou começar este artigo com um desafio. Feche os olhos e pense na primeira coisa que vem à sua cabeça quando ouve a palavra “Portugal”. É muito possível que o que você pensar, seja um dos elementos do texto abaixo, principalmente se você nunca esteve no país.

Portugal é um país cheio de tradição, costumes, hábitos culturais e uma história sensacional. O povo português faz questão de conservar e resgatar estas tradições de forma festiva e respeitosa. E vamos combinar que algumas delas são verdadeiros patrimônios mundiais.

A gastronomia é a área onde encontramos boa parte das tradições portuguesas, seja o prato principal, a bebida ou a sobremesa, a refeição é completa quando se trata de tradição por aqui. A cultura e a arte também aparecem fortes nesse quesito. Mas chega de papo e vamos falar dessas preciosidades chamadas de tradições portuguesas.

Leia também sobre Esportes em Portugal.

O Bacalhau

Esse peixe tão saboroso é um dos mais fortes símbolos da mesa portuguesa. O país é o maior consumidor de bacalhau do mundo, mas diferente do que muitos pensam não é o maior produtor, e sim a Noruega.

Mas como nasceu essa tradição tão forte? Houve um tempo, nos séculos XV e XVI em que os portugueses passavam muito tempo no mar e não tinham acesso a alimentos frescos. Solucionaram o problema com bacalhau salgado que ficava conservado por muitos dias. Em terra firme era um período de escassez de dinheiro para comprar peixe fresco, assim o bacalhau foi ganhando cada vez mais fãs e tipos de receitas, e até hoje é o queridinho da gastronomia portuguesa.

Há outros pratos principais que também fazem sucesso no país como, por exemplo, a Francesinha no norte e a sardinha assada muito presente em dias de festas populares e dias santos.

O Vinho do Porto

Para acompanhar um bom prato de bacalhau nada melhor que um bom vinho. O mais famoso em Portugal não é para ser tomado durante as refeições e sim antes ou depois delas, é o vinho do Porto.

Um vinho marcado pelo sabor levemente adocicado e teor alcoólico mais elevado, geralmente entre 19 e 22% de volume alcoólico. Responsável por uma importante aliança comercial entre Portugal e Inglaterra no século XVII, a bebida simboliza o país e tem sua produção concentrada na região da cidade do Porto, exatamente nas caves em Vila Nova de Gaia, mas as vinhas principais estão na região do alto do Rio Douro.

Leia mais sobre os Vinhos de Portugal.

O Azeite

O azeite português produzido das azeitonas , frutos das oliveiras. Um alimento antigo, indicado cientificamente para consumo com inúmeras propriedades e cheio de significados muitas vezes religiosos.

É comum dizer que as oliveiras vieram antes dos portugueses. Há registros de que os visigodos já cultivavam a planta e já deviam ter herdado o costume dos romanos. A palavra az-zait, significa suco da azeitona.

A Estremadura e o Alentejo foram as primeiras províncias portuguesas a iniciar a produção olivícola. Historicamente o azeite está presente na bíblia, no Êxodo e no Gênesis quando uma pomba branca traz no bico um ramo de oliveira para mostrar a Noé que a arca está perto de terra firme e também aparece no Alcorão quando canta a árvore que nasce no monte Sinai e refere-se ao óleo que dela extrai para ser transformado em luz de candeia.


Os Pasteis de Belém e doces conventuais

O pastel de Belém é disparado o mais famoso doce típico português. E de nada se parece com o pastel de feira que estamos acostumados no Brasil. É um doce com formato semelhante ao de uma empada, mas o sabor é algo difícil de descrever fielmente, a massa folhada é crocante e saborosa, o recheio é um creme de ovos, leve e não exageradamente doce.

Somente podem ser chamados de pasteis de Belém, os que são fabricados na empresa ao lado do Mosteiro dos Jerônimos. Ele foi criado para ajudar a instituição que estava com problemas financeiros. O doce é muito consumido em todo país, mas com o nome de pastel de nata.

O pastel de Belém vem acompanhado de uma longa lista de doces típicos portugueses feitos a base de ovos. A origem destas iguarias está na Doçaria Conventual e tem origem no século XV. Foi neste período que o açúcar entrou na tradição gastronômica dos conventos. A variedade de doces é enorme por todo país e é comum encontrar um doce típico para cada cidade. Há o pastel de Tentúgal, o pão de Ló de Ovar, os ovos moles de Aveiro, as Tíbias de Braga, o pastel de Vouzela, as clarinhas de Esposende e os travesseiros de Sintra. Todos deliciosos e com a doçura na medida certa, não são tão doces quanto o nosso brigadeiro, por exemplo.

Leia mais sobre a Gastronomia Portuguesa.

Galo de Barcelos

Este é um dos principais símbolos de Portugal pelo mundo afora, e é muitas vezes chamado de Galinho Português.

No entanto, dentro do país, o Galo é um símbolo típico da cidade de Barcelos e não é considerado pelos portugueses como um grande ícone nacional. Diz a lenda do Galo de Barcelos que, na época medieval houve um julgamento que teria condenado a forca um peregrino a caminho de Santiago de Compostela. Porém, o homem quando ouviu a sentença, havia uma travessa na mesa com um galho inteiro assado, e então disse: “É tão certo eu estar inocente, quanto este galo amanhã de manhã cantar”, dito e feito, na manhã seguinte o Galo de Barcelos cantou e o peregrino foi libertado.

Em Barcelos há várias estatuas do Galo com várias cores e tamanhos. O mais conhecido é o galo preto com a crista vermelha e desenhos de corações coloridos pelo corpo.

O Fado

O fado é a trilha sonora de Portugal. Geralmente cantado por vozeirões femininos este gênero eternizou-se na voz da  Amália Rodrigues que levou o fado para o panorama mundial a partir de 1940.

É um estilo musical que tem o poder de mexer com as emoções principalmente aquelas mais sofridas, como a melancolia a saudade e o amor não correspondido. Hoje as principais artistas que embalam os portugueses são Ana Mora, Marisa e Gisela João. Recentemente o fado deixou de ser sinônimo de música triste e tem se modernizado em estilos mais alegres. Tem até canções feitas para crianças como é o caso de “Senhor Extraterrestre” cantado por Gisela João. A voz é a alma do fado, mas ele não é completo sem bons instrumentistas que elevam a música tocando com perfeição instrumentos como a viola e a guitarra portuguesa.

Leia mais sobre o Fado – História e os maiores Sucessos.

Os Azulejos

É praticamente impossível passear por qualquer cidade portuguesa e não notar a presença dos azulejos. Eles estão presentes em boa parte da arquitetura das casas, igrejas, edifícios e estações de trem.

O desenvolvimento do azulejo começou no fim do século XV, quando a decoração ornamental muçulmana influenciou na arte portuguesa. As técnicas das cerâmicas mouriscas de Sevilha, na Espanha, o método de fabricação e pintura de faianças de origem italiana, o brilho e a exuberância dos motivos ornamentais, a intensidade do azul proveniente da tradição das cerâmicas chinesas acabou por influenciar os azulejos portugueses, o que os tornou únicos e multifacetados.

Em Lisboa está o Museu Nacional do Azulejo, o local incrível tem uma das coleções mais completas de todo mundo. A cidade de Ovar, é considerada a cidade museu dos azulejos e cada edificação é uma verdadeira obra de arte.

Há uma tradição peculiar presente nas casas mais antigas, o painel de santos nas fachadas de muitas casas portuguesas. Um costume eternizado em um dos fados de Amélia Rodrigues: “…um São José de azulejos/ mais o Sol de primavera/ uma promessa de beijos/ dois braços à minha espera…/ É uma casa portuguesa, com certeza!/ É, com certeza, uma casa portuguesa!”

O Artesanato

O artesanato é uma das marcas registradas na maioria dos países, afinal é uma forma popular de transmitir os valores e costumes de uma região.

Em Portugal podemos destacar alguns bem característicos do país, como a joalheria dominada pela Filigrana, a arte de trabalhar finíssimos fios de ouro e prata que adornam os trajes típicos portugueses e podem ser admirados em Viana do Castelo no Museu do Ouro de no Museu do Traje.

Outro artesanato tradicional em Portugal são as peças feitas a partir de Cortiça, considerada como uma joia nacional. São bolsas, objetos de decoração, enfeites, e uma infinidade de produtos fabricados principalmente na região do Alentejo.

O Lenço dos Namorados guarda uma das tradições mais bonitas e sem dúvida a mais apaixonada de todas as tradições portuguesas. A remonta aos séculos XVII – XVIII, quando as jovens senhoritas bordavam para passar tempo. No início, os lenços, faziam parte do vestuário feminino e tinham apenas uma função decorativa. Eram lenços quadrados, de linho ou algodão, bordados conforme o gosto de cada um com linhas coloridas e alegres. No entanto, os lenços assumiram outra função: a da conquista. Quando as raparigas chegavam à idade de casar, bordavam um lenço e no dia da missa entregava ao pretendente. Se o rapaz usasse o adereço em público eram considerados namorados, senão a moça continuaria tentando com outros outros rapazes.

Você pretende residir em Portugal? Há duas opções: Tendo a Nacionalidade Portuguesa ou algum Visto para Portugal. Obtenha mais informações nas imagens abaixo:

                       

 

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Liliane Machado

Liliane Machado

Jornalista, formada pela Unisociesc (Blumenau/SC/Brasil) e especialista em Mídias Digitais. Cursa mestrado em Ciências da Comunicação na Universidade do Minho (Braga/Portugal) e tem experiência em TV, rádio, assessoria de imprensa e web. Mora em Portugal desde setembro/18, adora contar histórias, fazer amizades e não resiste a uma boa conversa seja com quem for: pessoas, animais, plantas e até extraterrestres.

INSCREVA-SE E RECEBA NOSSAS NOVIDADES!

VIVER EM PORTUGAL COM SEUS RENDIMENTOS OU APOSENTADORIA

CONSULTORIA

ADQUIRA A SUA NACIONALIDADE PORTUGUESA

QUEM TEM DIREITO A REQUERER A NACIONALIDADE PORTUGUESA?

ACOMPANHE NOSSAS MÍDIAS!

NACIONALIDADE PORTUGUESA

Martins & Oliveira Sociedade de Advogados

A Martins & Oliveira Sociedade de Advogados é um escritório de advocacia especializado em procedimentos envolvendo Brasil e Europa (Portugal, Itália e Espanha).

Os principais serviços oferecidos pelo escritório são: Assessoria para aquisição da Nacionalidade Portuguesa, Vistos de Residência e demais procedimentos em Portugal.

O objetivo do escritório é se tornar a maior fonte de conexão com a Europa.

Conheça o site do escritório: www.martinseoliveira.com.br

ONDE ESTAMOS

Onde nos encontrar

  • São Paulo, Brasil - Avenida Paulista, nº 777 - 15° andar
    +55 (11) 9 8285-0049
  • Rio de Janeiro, Brasil - Rua do Passeio, n° 38 - setor 2
    15° andar, Centro
    +55 (21) 9 8148-2966
  • Belo Horizonte - MG - Rua Paraíba, n° 550
    8° andar, Savassi
    +55 (11) 9 8285-0049
  • Curitiba - PR - Rua Comendador Araújo, n° 499
    10° andar, Centro
    +55 (11) 9 8285-0049
  • Porto Alegre - RS - Avenida Carlos Gomes, n° 700
    8° andar, Boa Vista
    +55 (11) 9 8285-0049
  • Lisboa, Portugal - Rua do Mar Vermelho, n° 2, 2.1

INSCREVA-SE E RECEBA NOSSAS NOVIDADES!