Data / Horário de Lisboa:

Receba nossas novidades!

NACIONALIDADE PORTUGUESA

Universidade de Lisboa: veja como estudar na capital de Portugal

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Que tal viver na cidade europeia mais badalada do momento e estudando em uma universidade de ponta? Sim, há vagas para estudantes brasileiros na Universidade de Lisboa e garantir a sua pode ser mais fácil do que você pensa!

Por isso, no artigo de hoje, você conhece mais sobre essa impressionante instituição de ensino e entende na ponta do lápis quanto custa para tornar o seu sonho realidade. Acompanhe!

 

Conheça a Universidade de Lisboa

A Universidade de Lisboa é a maior de Portugal, uma das maiores da Europa e referência em ensino. Ela fica na capital do país e tem como objetivo ser um polo de cultura, conhecimento e ciência no continente europeu.

Uma das mais antigas de Portugal, ela foi criada em 1290 pelo rei Dom Dinis sob o nome de Estudo Geral em Lisboa. Porém, ela foi transferida no século XVI para Coimbra. Em seguida, diversos braços do Estudo Geral começaram também a ser criados em Lisboa, onde a instituição se reuniu e se tornou a Universidade de Lisboa.

 

 

A Universidade de Lisboa em números

A Universidade de Lisboa recebe em torno de 7500 alunos por ano e conta com um corpo dicente de mais de 50 mil alunos.

Em 2018, foram ao todo mais de 11 mil alunos formados, distribuídos entre cerca de 6 mil licenciados, mais de 4000 mestres e aproximadamente 500 doutores. Esse número representa nada menos que 24% dos alunos formados em universidades públicas em Portugal.

Entre os formados na Universidade de Lisboa, 86% se formam com empregos e ganhando um salário médio mensal de 1.208€, que é um bom salário para Portugal.

Desses 50 mil alunos, mais de 1500 vivem nos alojamentos da universidade e cerca de 6100 são bolsistas, contando com um investimento de 11 milhões de euros distribuídos para aqueles que se destacam.

Em termos de infraestrutura, a Universidade de Lisboa possui 8 campi, 13 museus, 3 jardins botânicos (mais de 145 hectares de área verde, com cerca de 7000 espécies e quase 230 mil visitantes ao ano), 52 bibliotecas e mais de 3200 centros de leitura.

Há também 1 centro médico, com 11 especialidades e mais de 5000 consultas por ano. Outras estruturas que a Universidade de Lisboa oferece são academias, piscinas olímpicas e campos de jogos para preparar estudantes que competem em alta performance.

A Universidade de Lisboa conta ainda com coros, orquestras, festivais de teatro e eventos culturais que movimentam alunos de diversas áreas de formação.

Por fim, todo esse trabalho é feito por cerca de 6 mil colaboradores, sendo 3730 docentes (mais de 70% deles são doutores) e 341 profissionais dedicados à investigação científica.

 

Coro na Universidade de Lisboa
Coro da Universidade de Lisboa

 

Cursos disponíveis na Universidade de Lisboa

A Universidade de Lisboa possui 18 faculdades.

São elas: de Arquitetura, Belas-Artes, Ciências, Direito, Farmácia, Letras, Medicina, Medicina Dentária, Medicina Veterinária, Motricidade Humana, Psicologia, de Ciências Sociais, Educação, Geografia e Ordenamento do Território, Agronomia, Ciências Sociais e Políticas e Economia e Gestão, além do ensino superior técnico.

Cada faculdade da Universidade de Lisboa oferece cursos variados. Ao todo, 441 cursos, sendo 88 licenciaturas, 214 mestrados, 112 doutoramentos (ou doutorados, no Brasil), além de cursos menores que não conferem grau.

 

A Universidade de Lisboa aceita ENEM?

Sim. A Ulisboa recebe todos os anos cerca de 9 mil estudantes internacionais, que representam quase 18% do total dos seus alunos, vindos de mais de 100 países diferentes. E é claro que o Brasil estaria entre eles.

No caso dos candidatos brasileiros que desejam estudar na Universidade de Lisboa, o ENEM pode ser usado como porta de entrada. É permitido se inscrever com a nota do exame no ano corrente ou nos três anos anteriores à candidatura.

Conheça as universidades que aceitam nota do ENEM para ingresso

 

Existe uma nota mínima para ser aceito na Universidade de Lisboa?

Cada uma das escolas da faculdade têm suas exigências próprias quanto às notas mínimas no ENEM para ser aceito na Universidade de Lisboa. Por isso, é preciso conferir com a faculdade que deseja cursar qual seria a exigência mínima no seu caso.

Uma boa ideia é acessar o Guia do Estudante Internacional, criado pela Universidade de Lisboa, onde você tem acesso a praticamente todas as informações necessárias para a sua candidatura. E, caso precise entrar em contato direto com a instituição, lá você também encontra as informações para falar com a faculdade de interesse.

 


 

Qual é o prazo para me inscrever na Universidade de Lisboa?

O ano letivo em Portugal se inicia em setembro. O primeiro semestre letivo termina em março. Em abril se inicia o segundo semestre letivo, que se encerra logo antes das férias de verão, em agosto.

Para ingressar em setembro de 2020, as datas da Universidade de Lisboa já foram fechadas. Porém, você pode começar a se preparar para tentar o ingresso em 2021!

A seleção dos alunos acontece sempre em duas fases, no início do ano. Portanto, para participar da primeira fase de seleção, fique atento que a inscrição costuma acontecer no início de janeiro. A divulgação dos resultados é em fevereiro e a matrícula acontece entre fevereiro e março.

Já na segunda fase de seleção, a candidatura costuma acontecer entre março e maio, com um prazo mais alongado do que na primeira leva. Os resultados são divulgados em junho e a matrícula é feita durante o mesmo mês.

 

Quanto custa estudar na Universidade de Lisboa?

Você sabe o que significa propina? Esse é o nome da taxa paga à faculdade pública em Portugal para estudar na instituição. As propinas são valores anuais que, geralmente, são pagos em 10 parcelas ao longo do ano.

No caso das propinas para estudantes estrangeiros da Universidade de Lisboa, nos cursos de licenciatura e mestrado integrado, os valores anuais cobrados em 2020 e 2021 vão de 3000€ a 12 500€. Já para os cursos de mestrado, os valores vão de 2000€ a 7000€. 

Já para os cidadãos portugueses, os cursos de licenciatura são de 871,52€, os de mestrado integrado seguem o mesmo valor, os de mestrado vão de 500€ a 2126,94€ e, finalmente, os de doutorado custam entre 1200€ e 2750€.

A boa notícia é que, concorrendo a bolsas de estudos, a Universidade de Lisboa permite que os alunos estrangeiros baixem suas propinas anuais para o mesmo valor dos estudantes nacionais.

 

Quanto custa viver em Lisboa para estudar?

A Universidade de Lisboa dispõe de 9 refeitórios e lanchonetes pela cidade, onde os estudantes podem fazer refeições por apenas alguns poucos euros. Eles oferecem também pratos para dietas especiais, como as ovo-lacto-vegetarianas.

E, para quem quiser economizar fora das opções da universidade, nas tascas de bairro é possível comer também entre os 4€ e 6€.

Para se deslocar à vontade dentro da cidade, o passe mensal custa 30€ e os estudantes do ensino superior até 23 anos têm 25% de desconto. Já se você decidir viver nas cidades vizinhas à Lisboa, o passe é de 40€, também com direito a 25% menos.

Já em termos de habitação, quem fica no alojamento da Universidade de Lisboa paga entre 145€ a 180€ em um quarto compartilhado em todas as unidades, exceto no campus da Ajuda. Neles, o custo para bolsistas é de 76,26€.

No campus da Ajuda, o quarto individual é 220€ por mês, o compartilhado fica entre 150€ e 190€, os apartamentos entre 500€ e 550€. O preço para bolsistas é o mesmo dos demais campus.

Já para quem optar por alugar o seu próprio espaço em Lisboa, um quarto fica por volta de 250€ a 400€, um apartamento tipo estúdio custa por volta de 600€ a 800€ e um apartamento de um único quarto vai de 700€ a 1000€.

Se você quiser dividir um apartamento com amigos, as unidades de 2 quartos geralmente custam de 1000€ até 1200€ e as de 3 quartos custam entre 1200€ e 1500€.

Como é morar em Lisboa – Custo de vida, Lazer e mais

 

Como é a vida em Lisboa?

Lisboa é uma cidade jovem, viva, ativa e cheia de possibilidades para os estudantes. São diversas as opções de vida cultural (festivais, galerias de arte, cinemas, feiras, eventos variados), a maioria com descontos para estudantes. Já os museus e atrações mais turísticas contam com exposições atualizadas com frequência e dias gratuitos para a visita dos residentes na cidade.

Não faltam também opções também de vida noturna, com bares e boates que funcionam até de manhã, além de diversas áreas verdes para aproveitar os dias ensolarados gratuitamente.

Por fim, para quem é de praia, a menos de meia hora de distância existem diversas opções para os estudantes curtirem o verão.

Experiência de morar em Lisboa: prós e contras

 

Quem pode estudar na Universidade de Lisboa como estrangeiro?

Para ser aceito como estudante estrangeiro na Universidade de Lisboa, não é possível possuir nacionalidade portuguesa, nem de qualquer outro país da União Europeia.

Estão vetadas as participações também dos familiares de portugueses ou de cidadãos de outros países da UE. Essa restrição vale para cônjuges (seja via casamento ou união estável), filhos, enteados ou pais do cidadão de um dos estados da União Europeia.

Aqueles que residem legalmente no país há mais de 2 anos (contando até 1º de janeiro do ano que pretendem cursar) também não podem entrar para a Universidade de Lisboa como estudante estrangeiro, devendo se inscrever como os cidadãos portugueses.

Por fim, os brasileiros que adotarem o Estatuto de Igualdade de Direitos e Deveres também não podem estudar na Universidade de Lisboa na categoria de estudantes estrangeiros.

 

É possível viver em outras cidades e estudar na Universidade de Lisboa?

Sim, é possível viver em toda a região metropolitana da capital e usar as várias opções de transportes públicos para chegar à ULisboa. Essa é também uma forma de baratear os custos de acomodação, já que o centro de Lisboa costuma ter um valor de aluguel mais alto do que nas suas cidades satélites.

Alguns dos lugares onde seria possível viver enquanto estuda na Universidade de Lisboa seriam Amadora, Alcochete, Odivelas, Almada, Montijo, Mafra, Moita, Barreiro, Palmela, Cascais, Loures, Oeiras, Sesimbra, Seixal, Vila Franca de Xira, Setúbal e Sintra. 

Para todas essas cidades, é possível usar o passe Navegante Metropolitano, que custa 40€. Com esse passe de transporte, é possível se deslocar da sua acomodação para a Universidade de Lisboa ou para quaisquer outros lugares dentro das 18 cidades da região metropolitana à vontade ao longo do mês. 

Onde morar perto de Lisboa

 

 

Como é o processo para tirar um visto de estudante?

O visto D4 para estudantes garante ao aluno a autorização de permanecer em Portugal durante o período do seu curso. Ou seja, todo aluno da Universidade de Lisboa irá precisar tirar esse visto. 

Tudo começa com a faculdade. Portanto, o primeiro passo é aplicar a sua documentação para a própria Universidade de Lisboa. Cabe à instituição julgar se você se enquadra nos seus pré-requisitos e aceitar a sua aplicação como aluno. 

Deu tudo certo? Foi aceito pela Universidade de Lisboa? O passo 2 é fazer a sua matrícula na instituição, pagando todas as devidas taxas, para que você tenha acesso em seguida à carta de aceite da ULisboa. Ela será necessária para iniciar o seu processo de visto.

Carta de aceite da Universidade de Lisboa na mão, agora chegou a hora de reunir a documentação para dar entrada no seu visto D4 de estudante junto ao Consulado de Portugal no Brasil.

Veja quais documentos deverão ser apresentados.

 

 

Documentos necessários para o visto D4, de estudante

  • Carta de aceite e comprovação de inscrição no curso (matrícula)
  • Declaração, assinada pelo aluno, afirmando qual é o curso que pretende fazer, em qual instituição de ensino (Universidade de Lisboa), quando é a sua data de chegada a Portugal e para quando está previsto o fim do curso.
  • Comprovativo de meios financeiros para se manter em Portugal durante o curso, que podem ser seus ou de terceiros (como os seus pais) que se responsabilizem pela sua subsistência em Portugal
  • Comprovativo de alojamento garantido em Portugal (ele pode ser da Universidade de Lisboa, um apartamento alugado por você ou uma carta-convite para viver na casa de algum familiar ou conhecido no país)
  • Seguro médico internacional de viagens, válido até o fim previsto para o seu curso. Ele pode ser substituído pelo PB4.
  • Atestado de antecedentes criminais do Brasil
  • Duas fotografias 3×4 coloridas e recentes
  • Cópia autenticada do passaporte válido
  • Autorização para o SEF consultar o seu registro criminal em Portugal
  • Declaração de que não irá viajar a Portugal sem o visto concedido
  • Cópia da sua carteira de identidade brasileira (RG)
  • Cópia do comprovante de pagamento da taxa para emissão do visto

Nas épocas em que o Consulado recebe mais pedidos para vistos de estudante (na preparação para a volta às aulas em setembro e abril), é comum que haja um reforço no atendimento. Dessa forma, a instituição garante que os alunos cheguem em Portugal a tempo do início do semestre.

Por isso, após o recebimento do pedido de visto, o processo costuma levar poucas semanas para que haja uma resposta.

 

Consultoria para Visto de Estudante para Portugal

Se animou para tirar um diploma no exterior e viver a experiência de estudar na Universidade de Lisboa? Ou sentiu que ainda precisa tirar algumas dúvidas antes de embarcar numa jornada para outro continente?

Para te ajudar a esclarecer o que for necessário e a ficar um passo mais próximo do sonho de estudar fora, conte com a consultoria do Nacionalidade Portuguesa.

Estamos esperando você, agende uma reunião com a nossa equipe!

 

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Yasmin Narcizo

Yasmin Narcizo

Brasileira em Lisboa. Redatora publicitária e estrategista de conteúdo para Marketing Digital. Curiosa, entusiasta das palavras e sempre pronta pra próxima viagem.

INSCREVA-SE E RECEBA NOSSAS NOVIDADES!

VIVER EM PORTUGAL COM SEUS RENDIMENTOS OU APOSENTADORIA

CONSULTORIA

ADQUIRA A SUA NACIONALIDADE PORTUGUESA

QUEM TEM DIREITO A REQUERER A NACIONALIDADE PORTUGUESA?

ACOMPANHE NOSSAS MÍDIAS!

NACIONALIDADE PORTUGUESA

Martins & Oliveira Sociedade de Advogados

A Martins & Oliveira Sociedade de Advogados é um escritório de advocacia especializado em procedimentos envolvendo Brasil e Europa (Portugal, Itália e Espanha).

Os principais serviços oferecidos pelo escritório são: Assessoria para aquisição da Nacionalidade Portuguesa, Vistos de Residência e demais procedimentos em Portugal.

O objetivo do escritório é se tornar a maior fonte de conexão com a Europa.

Conheça o site do escritório: www.martinseoliveira.com.br

ONDE ESTAMOS

Onde nos encontrar

  • São Paulo, Brasil - Avenida Paulista, nº 777 - 15° andar
    +55 (11) 9 8285-0049
  • Rio de Janeiro, Brasil - Rua do Passeio, n° 38 - setor 2
    15° andar, Centro
    +55 (21) 9 8148-2966
  • Belo Horizonte - MG - Rua Paraíba, n° 550
    8° andar, Savassi
    +55 (11) 9 8285-0049
  • Curitiba - PR - Rua Comendador Araújo, n° 499
    10° andar, Centro
    +55 (11) 9 8285-0049
  • Porto Alegre - RS - Avenida Carlos Gomes, n° 700
    8° andar, Boa Vista
    +55 (11) 9 8285-0049
  • Lisboa, Portugal - Rua do Mar Vermelho, n° 2, 2.1
  • São Paulo, Brasil - Rua Itapeva, 378, conjunto 52, Bela Vista
    Cep - 01.332-000
    Fixo - +55 (11) 2096-1523
    Celular - +55 (11) 9 8285-0049
  • São Paulo, Brasil - Avenida Paulista, nº 777 - 15° andar
    +55 (11) 9 8285-0049
  • Rio de Janeiro, Brasil - Rua do Passeio, n° 38 - setor 2
    15° andar, Centro
    +55 (21) 9 8148-2966
  • Belo Horizonte - MG - Rua Paraíba, n° 550
    8° andar, Savassi
    +55 (11) 9 8285-0049
  • Curitiba - PR - Rua Comendador Araújo, n° 499
    10° andar, Centro
    +55 (11) 9 8285-0049
  • Porto Alegre - RS - Avenida Carlos Gomes, n° 700
    8° andar, Boa Vista
    +55 (11) 9 8285-0049
  • Lisboa, Portugal - Rua do Mar Vermelho, n° 2, 2.1

INSCREVA-SE E RECEBA NOSSAS NOVIDADES!